5 dias com o MPN – Dia 1: Introdução e preparação

Todos nós já usamos o melhor, mais criativo e mais rápido planeador existente: o cérebro. Embora não nos apercebamos, passamos muito do nosso tempo a planear, seja para escolher o que vestir, onde passar o fim de semana, ou como resolver um problema. Embora estes processos sejam inconscientes, existem passos bem definidos para esse planeamento que o nosso cérebro faz naturalmente.

No entanto, quando queremos conscientemente planear alguma coisa, raramente seguimos esse fluxo natural de processos.

Muitas vezes estamos mergulhados em fazer e concluir coisas. ‘Acção‘ é a palavra de ordem! Trabalhar mais e mais rápido, com mais pessoas, mais recursos, mais tempo.

Chega a um ponto em que a situação começa a ficar caótica e as pessoas se sentem perdidas. É quando surge alguém que sugere que o que precisamos mesmo é de nos organizarmos!

Claro que, embora ajude, o simples organizar de todas essas acções não consegue resolver o caos já criado. É preciso ter mais e melhores ideias e avaliá-las.

Com a necessidade das ideias vem sempre a pergunta “mas afinal o que é que nós queremos mesmo?”, que tenta alcançar uma visão e propósito para esse trabalho.

Em GTD, a este fluxo chama-se Modelo de Paneamento Reactivo, e é um oposto do Modelo de Planeamento Natural(MPN).

O fluxo do MPN:

  1. propósito, princípios
  2. visão
  3. brainstorming
  4. organização
  5. próximas acções

O MPN é sempre feito, a questão é, em que altura e a que custo?

Estando conscientes deste modelo, podemos mais facilmente aplicá-lo para que a definição e planeamento de projectos siga um fluxo mais natural e eficiente.

Para hoje, sugerimos que

  • Seleccione entre 1 a 3 projectos que tenha activos neste momento. Estes serão os projectos que irá usar nos próximos exercícios. Dê preferência a projectos que sejam de alguma forma complexos ou difíceis de definir ou com os quais esteja com dificuldades em começar ou avançar.
  • Se ainda não completou a sua revisão semanal, faça-a assim que possível. A revisão semanal é um exercício especialmente focado ao nível dos projectos (10,000 pés) e por isso convém ser feita antes de prosseguir com a escolha e planeamento de projectos.
  • Leia o artigoProjectos e Acções” que fornece mais algumas bases teóricas para a gestão de projectos com GTD.

Até amanhã! 🙂

About the Author: Nuno Donato

Formador GTD em Portugal. Apaixonado pela ciência do estudo da mente e do comportamento humano, tenta aprender e ensinar as melhores técnicas, ferramentas e estratégias para optimizar o nosso trabalho e maximizar a vida.

Leave A Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *