Marcar emails como não-lidos?

Também faz parte dos 99% que marca os emails como “não-lidos” quando é preciso fazer alguma coisa com eles? 🙂

Sempre que realizo uma formação Produtividade+Outlook, não posso deixar de sorrir quando alguém me confessa (com alguma culpa) que o faz. Lá no fundo, todos sabem que não é a melhor forma de organizar a informação e acções que temos para fazer. Mas, na ausência de melhor (e especialmente quando se está em modo de apagar-fogos), recorre-se a estas pobres estratégias para tentar que nada fique esquecido.

Curiosidade interessante:  Aquilo que fazemos com o email é o que fazemos mentalmente – deixamos coisas penduradas, a gritar pela nossa atenção periodicamente, para tentar que não caiam no esquecimento. Com GTD aprendemos estratégias mais inteligentes e que colaboram com o cérebro humano. Dar atenção quando algo pede atenção, clarificar e definir apenas uma vez, organizar no local apropriado e rever/fazer nas alturas certas. No email não é diferente: não perca tempo a ler e reler (mesmo que seja só o assunto). Abra, leia, defina, clarifique, decida, organize e tire esse email da sua inbox! (sim, é possível!)

Só quem tem a feliz experiência de uma Inbox-Zero é que sabe do que realmente se trata 🙂

Bom trabalho!

About the Author: Nuno Donato

Formador GTD em Portugal. Apaixonado pela ciência do estudo da mente e do comportamento humano, tenta aprender e ensinar as melhores técnicas, ferramentas e estratégias para optimizar o nosso trabalho e maximizar a vida.