Author Archives: Nuno Donato

Estratégias para limpar “bagagem” acumulada

Embora a questão de resolver “bagagem” surja mais para os recém-chegados a GTD, é também bastante comum entre quem já pratica o método. Vamos começar por definir isto de “bagagem”.
A cada segundo, nova informação está a ser criada e lançada na nossa direcção, chegando-nos pelos mais variados canais de entrada. Esta informação deve ser recolhida constantemente, processada, organizada, revista e finalmente feita (se for o caso).
Diariamente fazemos pequenas revisões sobre a informação que dá corpo ao nosso sistema.
Semanalmente fazemos uma revisão mais completa, que ajuda não so a ganhar uma perspectiva mais abrangente do nosso trabalho, como também a antecipar e a preparar esse trabalho para que se evitem descobrir bombas durante a semana.
No entanto, por vezes existem certas “coisas” (seguindo a nomenclatura GTD) que vão fugindo ao sistema e vão-se acumulando em recantos mais escondidos, fundos de caixas de entrada ou pastas de emails gigantes.

Ler mais

Guia: GTD no Gmail

O Gmail é sem dúvida um dos mais poderosos e inovadores clientes de webmail. Actualmente, muitas pessoas têm grande parte do seu trabalho a chegar (e sair) via email. Quer queiramos quer não, o email é uma das nossas principais “caixas de entrada” e como tal deve-lhe ser dada a mesma atenção que todas as outras, recolhendo e capturando todas as “coisas” que chegam e dando-lhe a devida continuidade.

Este artigo é um guia de configuração de algumas boas ferramentas que o Gmail disponibiliza, para que se aplique adequadamente o método Getting Things Done no fluxo de trabalho do Gmail.

Ler mais

GTD para mamãs

Já por várias vezes tive mães que, durante apresentações e conversas sobre GTD, acabam por trazer o argumento “isso só funciona porque você não tem filhos”. Nada pode estar mais longe da realidade. GTD não se trata do nosso trabalho como emprego, mas sim de todas as “coisas” que nos ocupam espaço mental.

Existem imensas histórias e relatos da aplicação de GTD quer em meios de fato e gravata, quer em casa com as crianças. Este artigo é um desses relatos.

(artigo traduzido do original inglês em: http://networkedblogs.com/3Gpsh)

April Perry é mãe de quatro crianças e co-directora do www.powerofmoms.com.

As mães precisam de Getting Things Done tanto (ou mais!) que qualquer outro grupo de pessoas. Porquê? Vou-vos dar uma amostra da minha vida “pré-GTD”.

O meu filho de 7 anos, Ethan: Mãe, queres ver este lagarto de brincar que recebi como prémio hoje?

Ler mais

Aplicar GTD durante e após uma reunião

Estou certo de que já terá estado em reuniões que se revelaram pouco produtivas ou ineficientes, ou em que após a reunião ficou a pairar no ar um nevoeiro de incerteza sobre o que foi discutido ou decidido.

No início de cada reunião, a afirmação mais útil que se pode fazer é

O objectivo/propósito desta reunião é…

E logo a partir daí, estarmos claros sobre para que serve essa reunião e o que queremos tirar dela.

Passando para a reunião em si, partindo do princípio que estão a seguir GTD, uma das listas que se revela muito útil

Ler mais

Horizontes de Foco

À medida que novas situações surgem, é necessário ir tomando decisões sobre o que é mais importante e o que pode esperar mais um bocadinho.
O sistema GTD quebra por completo com a abordagem tradicional de definir listas de tarefas com prioridades (A,B,C,… 1,2,3,4,5… etc). Em vez disso, diversas outras técnicas são utilizadas para decidirmos onde devemos investir o nosso tempo e energia. Uma dessas técnicas, que vai muito para além de um auxílio à tomada de decisões, são os Horizontes de Foco. 

Um guia para a vida
Utilizar e compreender os Horizontes de Foco é ter um guia para as nossas acções, decisões, prioridades e acima de tudo, para a nossa vida. Tendo este peso, é muito importante não serem deixados de lado em qualquer implementação de GTD.

Ler mais